CHAVES DE SEGURANÇA

Chaves de segurança com proteção robusta e inteligente

As chaves de segurança trapped key Fortress foram criadas por uma empresa com mais de 40 anos de experiência em produtos para segurança. Reconhecida mundialmente pelo seu diferencial em confiabilidade, engenharia robusta e design inovador a Fortress Interlocks é a marca escolhida pela Spheric para fortalecer ainda mais a sua operação no Brasil.

Sistemas de Trapped Key - Linha mGard 

Trapped key é um método de controle de duas operações ou mais independentes que precisam obedecer uma sequência pré-determinada. Esse método garante a segurança, em categoria 4, de operadores e máquinas, além de poder ser utilizado para controle de processos.
  • O sistema é chamado de trapped key pelo fato de ser um sistema de chaves aprisionadas. Um exemplo seria uma chave que desliga a energia de uma máquina e essa mesma chave deve ser usada para liberar o acesso, através de uma porta, às partes de risco. É amplamente usada para substituir monitoramentos de áreas, antes feito por scanners de segurança ou cortinas de luz, já que possui um custo-benefício melhor.
  • O sistema todo é modular e robusto, oferecendo flexibilidade e versatilidade atendendo praticamente qualquer tipo de aplicação.


Chaves de segurança - Linha amGard

A linha amGard é a mais completa e robusta linha de chaves do mercado. Apenas uma chave já atinge categoria 4, devido a sua alta durabilidade e robustez. Toda a linha possui certificado TUV.
  • Os modelos oferecem opções com solenóide, para travar eletricamente e monitorar proteções móveis e opções sem solenóide para apenas monitorar. Além disso, é possível acoplar botões de comando no corpo das chaves e mesclar o sistema com o método de trapped key.
  • Junto com todas essas possibilidades, foram desenvolvidos também diversos tipos de atuadores, desde modelos simples até modelos que exercem a função de maçaneta com liberação interna.


Veja abaixo como as chaves Fortress já foram usadas!!
Prensagem e corte de metal

  • Área extremamente perigosa, devido à alta potência dos equipamentos;
  • Para evitar o acesso de pessoas nas áreas de risco, foram colocados sistemas de travas nas portas;
  • Para evitar a permanência do operador dentro das áreas de risco, foi utilizado o sistema trapped key;
  • Dessa forma, apenas com a máquina desligada é possível acessar a zona perigosa.

NOSSOS PARCEIROS

UM GRANDE TIME QUE SOMA FORÇAS E MULTIPLICA RESULTADOS.